Skip to content

Fragmento – 15

agosto 17, 2011

 

“Eu inventei o inalcançável você

Me fiz escravo do meu medo de ser
E agora preciso me permitir

Pra parar de sofrer
E viver o que é belo em mim
Deixar o medo morrer
E ser o que eu posso ser, enfim

Mas se eu te disser que eu quero aprender a
Me amar e te amar também ao mesmo tempo?
Você teria tempo?”

 

Anúncios
One Comment leave one →
  1. setembro 12, 2011 12:48 pm

    Muito bom!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: